Skip to content

Editorial

Confraria dos Homens para a Castidade

 Inscreva-se 
_____________________

BOLETIM PERMANÊNCIA

 

 

 

Quem está online

No momento há 1 usuário e 16 visitantes online.

Faça o seu login

Domingo depois da Ascensão

   

Nesta atualização apresentamos:

- O tempo de Fátima acabou? Um católico russo,  mostra como os ideais soviéticos se difundem cada vez mais em seu país.

- O que pensar da cremação? Leia: O sepultamento, um rito desejado por Nosso Senhor.

- Perguntas e respostas: Se Cristo sabe tudo, como pode dizer que não conhece o dia do Julgamento?

- O boletim Permanêcia conta como a liberação da Missa na França neste final de semana foi uma nova vitória da Tradição.

- Para reler: recomendamos um artigo de G. Corção cheio de poesia, Encontros com Oswald de Andrade.

- No Canal Permanência, ouça a segunda parte das Memórias da Irmã Lúcia.

- Recomendamos o texto do Pe. Gleize, "Pandemia, Igreja e Estado - a hierarquia do bem", traduzido originalmente pelo site Dominus Est. Pergunta o teólogo: "Qual é o sentido do homem obter a vitória sobre a epimedia se negligencia a santificação da sua alma, perdendo o hábito de ir à Missa no domingo?"

+

A imagem selecionada para essa atualização é "A Ascensão", do pintor renascentista Pietro Perugino, mestre de Rafael. 

Quinto domingo depois da Páscoa

 

Nesta atualização apresentamos mais uma reflexão de Dom Lourenço Fleichman sobre o coronavirus, em que trata do debate da hidroxicloroquina, denuncia o abuso de governantes e a violação da liberdade da Igreja.

Na seção Perguntas e Respostas, algumas questões de natureza doutrinal:

- Se Deus é a causa de tudo, como podemos ser livres?

- Como conciliar a doutrina do pecado original com a justiça divina?

No Canal da Permanência, começamos a apresentar as Memórias de Irmã Lúcia

Para reler: Quem pensa não casa -- Você conhece, leitor, esse belo artigo de Gustavo Corção sobre casamento e conversão? 

+

 

[A imagem da semana, "Nossa Senhora de Belém", é uma obra característica da bela arte cusquenha. -- "Doce Coração de Maria, sede a nossa Salvação!"] 

Mil Ave-Marias a Nossa Senhora de Fátima

1.000 Ave-Marias hoje

Hoje, dia 13 de maio, aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora aos três pastorinhos, serão rezadas 1.000 Ave-Marias na Capela Nossa Senhora da Conceição, em Niterói (portão fechado).

Serão transmitidos no Youtube pelo link: https://youtu.be/yzaLciDbKkg

Horário: a partir das 14:30

Intenção: o fim do flagelo do Coronavirus - saúde para nossas famílias - cura dos enfermos - conversão dos pecadores - pelas almas do Purgatório.

Acompanhe da sua casa. Reúna toda a família. A oração é a única certeza que temos no meio da grade confusão em que está o mundo.

Dom Lourenço Fleichman

Quarto domingo depois da Páscoa

 

Nesta semana, voltamos nosso olhar para as Aparições de Nossa Senhora em Fátima:

- A Permanência no Centenário de Fátima, de Dom Lourenço Fleichman. Um relato da grande peregrinação de 2017, com mais de 9.000 fiéis da Tradição.

- Reflexos de Fátima. Um dos nossos colaboradores resume as aparições e detalhes da vida da Irmã Lúcia, uma das pastorinhas de Fátima.

Para reler, sugerimos alguns textos antigos do nosso site sobre as aparições:

- Do Ir. Michel de la Sainte Trinité, tido como uma das maiores autoridades em Fátima, apresentamos uma conferência sobre O Terceiro Segredo.

- Apresentamos um texto definitivo sobre a questão dos Papas e a Consagração da Rússia.

Propomos também a leitura de uma entrevista de Dom Tissier de Mallerais à revista norte-americana The Angelus: Romanos até o pescoço.

Perguntas e respostas: Todo e qualquer julgamento do próximo é condenado por Cristo?

No Canal da Permanência, exibimos o sermão deste 4o. domingo depois da Páscoa, feito por Dom Estevão Ferreira da Costa OSB, sobre a questão da ira.

Terceiro domingo depois da Páscoa

Nesta atualização:

- Uma apresentação da "escola francesa de espiritualidade", pelo Pe. Dominique Bourmaud.

- Das irmãs da FSSPX, mais um artigo sobre educação das crianças: "Quem vai arrumar a mesa?"

- Perguntas e Respostas: Qual a diferença entre calúnia e detração? Tratam-se de pecados graves?

- Para reler: uma curta meditação do Pe. Leonardo Castellani, a covardia é um pecado e, em alguns casos, muito grave.

- No boletim, continuamos nossas meditações de quarentena com São José.

 

+

 

A imagem que escolhemos para essa atualização é uma homenagem a São José, Casto Esposo de Maria, Esperança dos doentes. O pintor é o espanhol Bartolomé Murillo.

 

Domingo do bom pastor

Nesta atualização:

 

Um texto do Beato Humberto de Romans sobre a "virtude da paciência".

Um monge beneditino nos ensina que "A ociosidade é inimiga da alma" 

Perguntas e respostas: Votos são diferentes de promessas?

Temas da atualidade no Boletim Permanência: Meditações de Quarentena (III)

Como sugestão de releitura, apresentamos essa curta meditação sobre o sacerdócio: "Quando se pensa..." 

 

Neste domingo do bom Pastor, peçamos:

  • Senhor, dai-nos sacerdotes
  • Senhor, dai-nos santos sacerdotes
  • Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes
  • Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas
  • São Bento, rogai por nós
  • São Pio X, rogai por nós
  •  

+

 

[A imagem escolhida para essa atualização é o "Bom Pastor"  do francês Philippe de Champaigne. 

 

 

 

Domingo in Albis

 

Nesta atualização apresentamos um artigo sobre a estabilidade beneditina.

Perguntas e respostas: É lícito mentir? 

Das irmãs da Fraternidade São Pio X um artigo sobre a importância de um ambiente familiar feliz.

Boletim: Meditações de Quarentena II

(Vídeo) Assista trechos do Ofício do Domingo de Páscoa

Livro: começamos a publicar um novo livro, Deus nos subterrâneos da Rússia. Boa leitura!

 

+

"Tomé respondeu dizendo: Meu Senhor e meu Deus!" -- A imagem da semana é um detalhe do famoso quadro de Caravagio  "A incredulidade de São Tomé". 

 

 

"surrexit enim, sicut dixit" - Domingo de Páscoa

 

A todos nossos leitores e amigos nossos votos de

Feliz Páscoa

+

Atualização de hoje

O patriotismo é uma virtude cristã? - uma reflexão do Pe. Chautard, FSSPX

Perguntas e Respostas: "Podemos rezar para que a doença dolorosa de outra pessoa seja transferida para nós"?

No Boletim: Meditações de Quarentena

Para reler: Tempos de Páscoa, de Gustavo Corção

Coronavírus: Entre o medo e a audácia

Abril 4, 2020 escrito por admin

Dom Lourenço Fleichman OSB

Mais uma vez me vejo na obrigação de esclarecer nossa posição católica, diante de crises que se abatem sobre a nossa sociedade. Nosso mundo anda mergulhado no que lhe parece ser um grande sol a iluminá-lo, quando na verdade é apenas uma escravidão consentida e desejada. Sim, os tecnológicos homens desse mundo pós-moderno sabem, percebem sua incapacidade de fugir da compulsão das redes sociais, das massificantes notícias e informações, e sobretudo da sensação que tomou conta de todos, de serem livres como um passarinho a voejar entre galhos de árvores e fios elétricos. 

Poderíamos perguntar a nós mesmos o porquê dessa doença; creio que responderia que o homem busca companhia. Até certo ponto, convenhamos, essa busca é natural, visto a definição mais do que antiga feita pelo Filósofo, segundo a qual o homem é um animal político: vive na companhia dos seus semelhantes. Ora, como o mundo moderno desenhou no pé da mesa do computador (eu sei, eu sei, já não é mais no computador, é deitado na cama ou no sofá com o celular nos dedos, mas não atrapalhem, por favor, a minha história!)... então, retomemos: como o mundo moderno desenhou no pé da cama, ou da mesa, uma bola de ferro virtual, e disse ao ser debruçado na máquina: – veja, caro amigo, esta é uma bola de ferro virtual, nada mais “real” do que o virtual. Portanto, você está preso, velho escravo. Não se mexa, não saia daí.

Revista Permanência 297 - Tempo da Quaresma 2020

     

NOVA REVISTA PERMANÊNCIA

 

Finalmente chegou a Revista Permanência. São mais de 200 páginas de formação católica, com um trabalho inédito sobre Dom Lefebvre além da tradução do Catecismo contra o Modernismo, do Padre Lemius. 

 

Clique na imagem ao lado, ou nesse link para acessar o site da Editora.

 

Compre nossa revista e contribue para a divulgação do pensamento católico

 

 

 

 

 

 

AdaptiveThemes