Skip to content

Editorial

Lançamento da Revista Permanência e do Catecismo da Crise na Igreja

Dom Lourenço Fleichman OSB

 

Em 1991 propus ao meu pai, Julio Fleichman, o relançamento da Revista Permanência. A publicação fora interrompida em 1990, poucos meses antes, por falta de interesse dos assinantes...Meu pai recusou minha proposta, alegando estar cansado de tanto insistir, sem sucesso, para que os leitores pagassem as assinaturas...Dediquei-me, então, à edição de livros. Verdadeiramente heróicos foram aqueles tempos...Quarenta e quatro anos após o lançamento da Revista Permanência, e vinte e dois anos após seu encerramento, voltamos a editá-la. Curiosamente o tempo ficou dividido de forma simétrica: vinte e dois anos com a Revista, seguidos de vinte e dois anos sem ela. Serão quatro números por ano, designados pelo Tempo Litúrgico: números do Natal, da Quaresma, da Páscoa e de Depois de Pentecostes. No início eles serão vendidos avulsos na nossa loja virtual.  Mais tarde, dependendo da reação dos leitores, poderemos voltar a oferecer assinaturas anuais.

 

  Leia mais

 

 

 

 

CAPELA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

Dezembro 8, 2011 escrito por Dom Lourenço

FESTA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

1991 - 2011

20 anos da Capela N. Sra da Conceição

Ao longo desses 20 anos, tantas foram as graças recebidas das mãos de Nossa Senhora, que precisaremos escrever novamente o Histórico que abria o nosso antigo site Capela.

O maior milagre são tantas e tantas almas que se recolhem todos os domingos em torno do nosso Altar. Tantas crianças que vão aprendendo os rudimentos da Fé em nosso Catecismo. Este Altar, por sua vez, há 10 anos atrás, foi consagrado por Dom Alfonso de Galarreta, bispo da Fraternidade São Pio X, protetor e benfeitor da nossa Capela. No último dia 20 de novembro, Dom Galarreta administrou 41 crismas na Capela. E as vocações continuam ingressando no Seminário da Argentina ou nas ordens religiosas.

Por causa de toda essa história, hoje agradecemos a Nossa Mãe do Céu, a Virgem Imaculada Maria, e estaremos reunidos para a Santa Missa às 19:00 e para o tradicional lanche de confraternização. Neste sábado, abriremos nosso salão para o Bazar de Natal, e no domingo faremos, após a Santa Missa, a Procissão de Nossa Senhora da Conceição.

Dom Lourenço Fleichman OSB

 

Reparação

NOVA REUNIÃO ECUMÊNICA EM ASSIS
 
27 DE OUTUBRO DE 2011

25 ANOS DEPOIS - REPETIÇÃO DO SACRILÉGIO DE 1986
 
ATO DE REPARAÇÃO
 
Capelas N. Sra da Conceição (Niterói) e São Miguel (Rio)
Quinta-feira, 27 de outubro
18:30 - Via Sacra - Missa Votiva pela Propagação da Fé.
 
Em Janeiro de 2002 publicávamos este artigo para alertar nossos leitores e amigos, para que rezassem na intenção de reparar a blasfêmia e o sacrilégio. Infelizmente, o papa Bento XVI continua a obra do falso ecumenismo do seu predecessor.
 
«Não farás aliança com eles, nem com os seus deuses. Não habitem na tua terra para que te não façam pecar contra mim, servindo os seus deuses, o que certamente seria para ti um escândalo»
(Êxodo, 23, 32-33 - Recomendações de Deus a Moisés antes deste subir ao Monte Sinai)
 

O Patriarca supremo dos Budistas, não se levantou do trono para receber ao Vigário de Cristo, que se sentou na cadeira
Leia a continuação
 
 

São Miguel Arcanjo

Setembro 29, 2011 escrito por Dom Lourenço

FESTA DE SÃO MIGUEL ARCANJO

PADROEIRO DA PERMANÊNCIA

29 DE SETEMBRO DE 1968 - 29 DE SETEMBRO DE 2011


 

Texto do Pe. Manuel Bernardes: Prática para o dia de São Miguel Arcanjo

Duas orações a São Miguel Arcanjo: 

Dom Fellay em Roma

 

Dom Lourenço Fleichman OSB
 
Como tenho ficado cada dia mais enojado com esses blogues e blogueiros, jornalismo de superfície e arrogância das profundezas, não tenho tido muito ânimo para escrever. Porém, a falsa polêmica levantada pela imprudência de alguns e pela imbecilidade de outros, relativa à ida de Dom Bernard Fellay e seus assistentes à Congregação para a Doutrina da Fé, me obriga a falar. Além do mais, muitos fiéis das nossas Capelas tiveram contato com textos assombrosos e atitudes curiosas e criaram em suas almas certas apreensões que me parecem ilusórias e descabidas. "Será que a Fraternidade S. Pio X vai fazer um acordo com Roma?", perguntam-se.
 LEIA A CONTINUAÇÃO

Questão 83: Do livre arbítrio.

Em seguida tratamos do livre arbítrio. E, sobre este ponto, quatro artigos se discutem:

Novo livro on line

Junho 24, 2011 escrito por admin

DICIONÁRIO

DE CITAÇÕES DE

GUSTAVO CORÇÃO

 

 

Pensamentos do escritor sobre diversos
assuntos, eventos e personalidades.

 livro on line <clique na figura>

Assis, uma esperança?

Padre Yves Le Roux, FSSPX
 
Caros amigos e benfeitores,
 
“Eu não conheço este Homem!” A sorte está lançada; a negação, consumada.
 
Com vigorosas imprecações e juramentos, repudiou São Pedro ao Mestre. A voz da criada e as observações sarcásticas dos que o cercavam foram suficientes para vencer o amor demasiado humano de Pedro por Jesus. Por três vezes renovou o repudio e, quando enfim seus olhos fitaram os de Cristo, congelou-lhe o sangue nas veias. Ao longe, cantava o galo. Então recordou-se Pedro das palavras do Mestre e fugiu, chorando amargamente, entre arrependido e convertido.
 
“Eu não conheço este Homem!” Vai a sorte de novo ser lançada, vai-se consumar outra negação? Certamente. Pela terceira vez, o Papa convida à renovação da negação, que é o encontro de Assis.
 

Conservadores ou Católicos?

Dom Lourenço Fleichman OSB

 A crise da Igreja trouxe para a nossa sociedade matizes religiosos diferentes e supreendentes. Por si só, a multiplicação dos estudos e o conseqüente aumento do conhecimento do objeto material da fé, gera discussão, análise, grupos mais ou menos coesos e diversidade de opiniões. Estas se formam tanto em relação aos objetos questionáveis da Religião, como também, em muitos casos, quanto ao que a Religião tem de inquestionável, definido e eterno.

Por exemplo: discute-se se é pecado ou não uma atitude, um comportamento. Ouvir tal música, ou vestir tal roupa. Assuntos controvertidos, sujeitos a argumentos a favor ou contra, logo, sujeito a opiniões. Mas discute-se também sobre o Concílio Vaticano II e nossa adesão a ele, matéria relativa à fé, onde os critérios já serão dogmáticos e, na sua argumentação mesma, tenderão a posições definidas, certas ou erradas. Isso faz parte da vida católica, sem dúvida, e poderia ser saudável.

Mas ocorre freqüentemente das opiniões livres serem vistas como dogmas e, ao contrário, os dogmas serem discutidos como sujeitos a opiniões. Leia mais

Falsas Lições sobre Gustavo Corção

 Dom Lourenço Fleichman OSB

 

Quando escrevi o prefácio ao livro O Pensamento de Dom Antônio de Castro Mayer, procurei denunciar a falsificação que seus sucessores e seus padres realizavam ao esconder e abandonar toda referência aos textos do grande bispo, com data a partir da década de 1970. Nesta época tornaram-se mais claras as causas dramáticas da crise da Igreja e por todo o mundo apareceram críticas mais severas ao Concílio Vaticano II e sua obra. LEIA A CONTINUAÇÃO
 

Login do usuário

AdaptiveThemes