Skip to content

CAMPANHA DE ROSÁRIOS PELAS ELEIÇÕES

 

Clique na imagem para ler a oração que acompanha o Rosário

Clique aqui para ler o texto explicativo

 

10. Sexta-feira depois do I domingo da Quaresma: Na festa da lança e dos cravos de Nosso Senhor

Sexta-feira da I semana da Quaresma
   
«um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água.» (Jo 19, 34)
  
I. — É significativo que a Escritura diga «abriu-lhe», e não «feriu-lhe», pois, por este lado, nos foi aberta a porta da vida eterna. «Depois disto olhei, e eis que vi uma porta aberta no céu» (Ap 4, 1). É esta a porta que figurava aquela, no lado da arca, por onde entraram os animais que haviam de se salvar no dilúvio.

II. — Mas esta porta é causa da salvação. Por isso, diz a Escritura «imediatamente saiu sangue e água», e é muito miraculoso que, do corpo de um morto, onde o sangue está coagulado, saia sangue.
  
Isto ocorreu para mostrar-nos que, pela Paixão de Cristo, conseguimos plena ablução de nossos pecados e de nossas máculas.
  
De nossos pecados, pelo sangue, que é o preço da nossa redenção, conforme a Escritura, «fostes resgatados da vossa vã maneira de viver recebida dos vossos pais, não a preço de ouro ou de prata, mas pelo precioso sangue de Cristo, como dum cordeiro imaculado e sem contaminação» (1 Pe 1, 18-19) 
  
— Das nossas máculas, pela água, que é o banho da nossa regeneração, conforme a Escritura, «derramarei sobre vós uma água pura, e vós sereis purificados de todas as vossas imundícies» (Ez 36, 25); «Naquele dia haverá uma fonte aberta para a casa de Davi e para os habitantes de Jerusalém, para se lavarem as manchas do pecado.» (Zc 13, 1).
  
E, por isto, estas duas coisas referem-se especialmente aos dois sacramentos: a água ao sacramento do batismo; o sangue, à eucaristia. Ou também, pode-se referir, um e outro, ao sacramento da eucaristia, pois na eucaristia mistura-se a água ao vinho; ainda que não seja a água da substância do sacramento.
  
Convém ainda esta figura: assim como do lado de Cristo, que dormia na cruz, saiu sangue e água, pelos quais a Igreja é consagrada, assim, do lado de Adão, que dormia, foi formada a mulher, que prefigurava a própria Igreja.     
       
In Joan., XIX
 
(P. D. Mézard, O. P., Meditationes ex Operibus S. Thomae.)

AdaptiveThemes