Skip to content

Já está à venda:

Revista Permanência 273

  Tempo da Quaresma- 273
 
 

Novena em honra do Divino Espírito Santo

Setembro 19, 2010 escrito por drupal_migrador

 

Novena oficial em honra do Divino Espírito Santo
 
A novena do Espírito Santo é o modelo de todas as novenas. Por ordem de Jesus a celebrou a Virgem Maria em união com os Apóstolos, como preparação à vinda do Espírito Santo Consolador. O Papa Leão XIII enriqueceu-a com muitas indulgências. Devemos, pois, celebrá-la, cada ano, com muito fervor; e a devotíssima Seqüência, que forma parte da novena, deve ser uma das nossas fórmulas de oração vocal favoritas.
 
 
Seqüência da Missa de Pentecostes
 
Vinde, Espírito Santo e enviai do céu um raio de Vossa luz.
Vinde, Pai dos pobres, vinde, distribuidor dos bens, vinde luz dos corações.
Consolador ótimo, doce hóspede das almas e suave refrigério.
Nos trabalhos sois o repouso, no calor o frescor, nas lágrimas a consolação.
Ó luz beatíssima, inflamai o íntimo dos corações dos Vossos fiéis.
Sem a Vossa graça nada há no homem, nada de inocente.
Lavai o que é sórdido, regai o que é seco, sarai quem está ferido.
Dobrai o que é duro, abrasai o que é frio e reconduzi o desviado.
Concedei aos Vossos servos, que em Vós confiam, os sete dons sagrados.
Dai-lhes o mérito das virtudes, o êxito da salvação e a alegria perene. Amém.
 
Ó Espírito Santíssimo, fogo sagrado que alumiais as almas e abrasais os corações: por misericórdia Vossa, Senhor, a nossa pobre alma Vos deseja, invoca-Vos e Vos procura para que a purifiqueis das suas manchas, para que a ilumineis nas suas trevas e lhe comuniqueis os Vossos dons. Sim, dignai-Vos consagrar a nossa alma com a unção da Vossa graça, para que ela se converta em templo Vosso. Purificai a nossa memória, para que ela sempre recorde os Vossos benefícios; ilustrai o nosso entendimento, para que saiba meditar a Vossa lei; inflamai a nossa vontade, para que ela, respeitosa e dócil, se submeta em tudo à Vossa vontade. E visto que somos tão miseráveis, purificai todos os afetos do nosso coração, para que ele se torne digno dos Vossos dons.
 
Jaculatórias
 
1° Vinde, Divino Espírito,
Vinde, ó dom da ciência,
Dispor-me para que seja
Digno de Vossa assistência.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
               
2° Vinde Divino Espírito,
Vinde, dom de piedade
Nesta divina virtude
Inflamai a minha vontade.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
 
3° Vinde, Divino Espírito,
Dar-me um santo temor,
Para que a toda a culpa
Tenha minha alma horror.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.                              
 
Oração para pedir os 7 dons do Espírito Santo
 
Ó Jesus, que antes de subirdes aos céus, prometestes aos Vossos Apóstolos e discípulos enviar-lhes o Espírito Santo para os consolar e fortalecer, dignai-Vos fazer descer também sobre nós este Espírito consolador.
 
Vinde Espírito de sabedoria, e fazei-nos  conhecer a verdadeira felicidade dando-nos os meios para consegui-la.
 
Vinde, Espírito de inteligência, que, por Vossa divina luz, nos fazeis penetrar as verdades e os mistérios de nossa santa Religião.
 
Vinde, Espírito de conselho, e ajudai-nos a discernir em todas as ocasiões o que devemos fazer para cumprir com a Vossa divina vontade.
 
Vinde, Espírito de fortaleza, e prendei-nos a Deus e aos nossos deveres de maneira que nada jamais nos possa abalar.
 
Vinde, Espírito de ciência que, único, nos podeis dar o perfeito conhecimento de Deus e de nós mesmos.
 
Pedimo-Vos esta ciência divina e única necessária com todo o ardor de nossa alma.
 
Vinde, Espírito de piedade, para que saibamos executar com alegria e prontidão o que Deus nos manda e para que, pela unção de Vosso divino amor, achemos verdadeiramente leve e suave o jugo do Senhor.
 
Vinde, Espírito de temor de Deus, e fazei-nos evitar com o maior cuidado tudo o que possa desagradar ao nosso Pai celestial.
 
Glória a Vós, Pai Eterno, que com o Vosso Filho único e o Espírito consolador, viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.
 
 
Hino “Veni Creator”
 
Veni, Creator Spíritus:
mentes tuórum visita,
imple supérna grátia,
quae tu creásti péctora.
 
Qui díceris Paráclitus,
altíssimi donum Dei,
fons vivus, ignis, cáritas,
et spiritális únctio.
 
Tu septifórmis múnere,
dígitus paternae déxterae,
tu rite promíssum Patris,
sermóne ditans gúttura.
 
Accénde lumen sénsibus,
infunde amórem córdibus:
infírma nostri córporis
virtúte firmans pérpeti.
 
Hostem repéllas lóngius,
pacémque dones prótinus;
ductóre sic te praevio
vitemus omne noxium
Per te sciámus da Patrem,
noscamus atque Filium;
teque utriúsque Spíritum
credamus omni témpore.
 
Deo Patri sit glória,
et Fillio, qui a mórtuis
surréxit, ac Paráclito,
in saeculórum saecula.
 
V/ Emítte Spíritum tuum, et creabúntur.
R/ Et renovábis fáciem terrae. 
 
 
 
Oratio: Deus qui corda fidélium Sancti Spíritus illustratióne docuísti: da nobis in eódem Spíritu recta sápere; et de ejus semper consolatióne gaudére. Per Christum dominum nostrum. Amém.
 
 
Vinde, Espírito Criador,
visitai as almas dos Vossos;
enchei de graça celestial
os corações que criastes!
 
Sois o Divino Consolador,
o dom do Deus Altíssimo,
fonte viva, o fogo, a caridade,
a unção dos espirituais.
 
Com os Vossos sete dons:
sois o dedo da direita de Deus,
Solene promessa do Pai
Inspirando nossas palavras.
 
Acendei a luz nos sentidos;
insuflai o amor nos corações,
amparai na constante virtude
a nossa carne enfraquecida.
 
Afastai para longe o inimigo;
Trazei-nos prontamente a paz
Assim guiados por Vós
Evitaremos todo o mal.
Por Vós explicar-se-á o Pai
E conheceremos o Filho;
Dai-nos crer sempre em Vós
Espírito do Pai e do Filho.
 
Glória ao Pai, Senhor,
Ao Filho que ressuscitou
Assim como ao Consolador.
Por todos os séculos. Amém
 
V/ Enviai, Senhor, o vosso espírito e tudo será criado
R/ E renovareis a face da terra
 
 
Oração: Ó Deus, que ilustrastes os corações dos fiéis com as luzes do Espírito Santo, dai-nos, pelo mesmo Espírito, procurar o que é reto, e nos alegrarmos sempre com a sua consolação. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém
 
 
 
 
 

 

 

AdaptiveThemes